Autor Tópico: Alunos criticam estacionamento excessivo no IST  (Lida 4610 vezes)

Offline kamia

  • 1º Secretário da Mesa da Assembleia Geral
  • Estudante
  • *
  • Mensagens: 57
Alunos criticam estacionamento excessivo no IST
« em: Qua 23 Dezembro, 2009, 11:22:31 »
Noticia do Público da segunda feira passada...


O Instituto Superior Técnico (IST), uma das "escolas de referência de urbanismo e transportes em Portugal", dá o mau exemplo ao permitir estacionamento excessivo e em cima dos passeios dentro da instituição. Esta é a opinião de três alunos do IST que dirigiram uma carta aberta a António Serra, presidente do conselho de gestão do IST.

Tiago Carvalho, Filipe Beja e Rosa Félix estão preocupados com a "mobilidade sustentável" no campus da Alameda, que tem cerca de 750 lugares de parque, e não compreendem como é que aquela escola superior pode "manter um estacionamento quase gratuito dentro do campus e em interferência com os peões".

Os alunos querem fomentar a "adopção de transportes públicos", sugerindo uma tarifa de acordo com "o custo do estacionamento" em Lisboa. "A sensibilização e a educação para uma política de transportes públicos não devem apenas existir dentro das salas de aulas", dizem. I.M.S.






A noticia ta em http://jornal.publico.clix.pt/noticia/21-12-2009/alunos-criticam-estacionamento-excessivo-no-ist-18456850.htm

Podem ainda ver a carta original em http://mext-ist.blogspot.com/2009/12/carta-aberta-ao-concelho-de-gestao.html

ou ainda
http://www.soeist.com/viewtopic.php?t=13212&sid=e64bb34542a56055e6b3d390a74a056b
http://spectrum.weblog.com.pt/arquivo/2009/12/ardua_e_util_e.html

Offline Júlio

  • Presidente da Direcção
  • Licenciado/Mestre
  • *
  • Mensagens: 209
Re:Alunos criticam estacionamento excessivo no IST
« Responder #1 em: Qui 24 Dezembro, 2009, 21:03:45 »
Concordo que em alguns casos o estacionamento dentro do técnico seja abusivo, mas a solução para isso, na minha opinião, passa por uma melhor gestão do espaço. Por exemplo, se um carro está estacionado num local onde é incomodativo para os peões, mas se for, de facto, um lugar marcado como tal, a culpa não é do condutor. Quanto aos casos de mau estacionamento, aí a coima deve incidir sobre o infractor.

Agora cobrar pelo estacionamento dentro do técnico... desculpem mas isso é ridículo. Tipo se eu moro num sítio onde não há transportes públicos, e que a única forma de me deslocar até ao técnico (vá, ou aquela em que demoro menos de 3 horas a chegar) é ir de carro, não faz sentido ainda ter de pagar para poder por o carro lá dentro, quer eu seja um aluno que paga propinas ou um investigador a deslocar-me ao meu local de trabalho (e por aí além).

Offline kamia

  • 1º Secretário da Mesa da Assembleia Geral
  • Estudante
  • *
  • Mensagens: 57
Re:Alunos criticam estacionamento excessivo no IST
« Responder #2 em: Sex 25 Dezembro, 2009, 21:08:02 »
sim sempre ha aqueles casos em que é claro que é muito mais pratico o aluno utilizar carro...e se calhar tu es um desses casos, mas tb fala serio tu nao demoras 3 horas de fertagus, tu apanhas o quê de transportes publicos? um autocarro que te leve ate ao fertagus e depois o fertagus que te deixa no areeiro, mas pronto...acho que um dos motivos que leva estes alunos a escreveram a carta é tipo que pedir ao ist que promova o uso, de nós todos, de transportes públicos, e assim ser um exemplo a serguir, porque se o ist quer promover e tipo dizer "minha gente agora vamos masé é andar de bus" não ha-de ser abrindo as portas todas "vá carrinhos venham ca" (ok! nao é bem assim). É claro que ha esses casos que o individuo mora tão longe e tem carro e condiçoes para usa-lo é quase ridiculo estarmos a apontar o ded. Eu particularmente demoro por volta de uma hora e meia quando d carro demoraria coisa de 40 minutos (?) se eu tivesse carro se calhar pelo menos pas aulas as 8 da manha ia de carro. Mas tambem ha aqueles casos em basta um metrozinho e tao la....

Offline Júlio

  • Presidente da Direcção
  • Licenciado/Mestre
  • *
  • Mensagens: 209
Re:Alunos criticam estacionamento excessivo no IST
« Responder #3 em: Dom 27 Dezembro, 2009, 00:07:41 »
Falei na primeira pessoa mas estava a ilustrar um caso hipotético. Não estamos a discutir quem demora mais ou menos tempo a chegar.

E não, o técnico não tem a postura de "ponham todos o carrinho cá dentro", até pelo contrário, ainda este ano restringiram mais quem pode fazê-lo (até ao início deste semestre os alunos finalistas tinham direito a acesso ilimitado, agora já não). No meu ver, não se está a promover o uso do carro de forma alguma.

Simplesmente há casos onde as pessoas põem o carro onde não devem (ou mota, como é frequente à porta de minas), e é isso a única coisa de mal no meio disto tudo.
« Última modificação: Dom 27 Dezembro, 2009, 00:09:30 por Júlio »

Offline sofia palma

  • 2º Secretário da Mesa da Assembleia Geral
  • Estudante
  • *
  • Mensagens: 67
Re:Alunos criticam estacionamento excessivo no IST
« Responder #4 em: Ter 29 Dezembro, 2009, 15:13:09 »

já ouviram falar nos autocolantes amarelos??

ora aqui está: http://dn.sapo.pt/gente/interior.aspx?content_id=1218773

temos que imprimir uns quantos e espetar aí nos carrinhos mal estacionados =P

(ou mais directamente: http://passeiolivre.blogspot.com/)

bom ano =)

Offline sofia palma

  • 2º Secretário da Mesa da Assembleia Geral
  • Estudante
  • *
  • Mensagens: 67
Re:Alunos criticam estacionamento excessivo no IST
« Responder #5 em: Qua 30 Dezembro, 2009, 00:56:28 »


acabei de notar neste post http://passeiolivre.blogspot.com/2009/12/universidades.html

que inveja digam lá...

Offline Júlio

  • Presidente da Direcção
  • Licenciado/Mestre
  • *
  • Mensagens: 209
Re:Alunos criticam estacionamento excessivo no IST
« Responder #6 em: Qua 30 Dezembro, 2009, 02:57:16 »
Citação de: sofia palma
já ouviram falar nos autocolantes amarelos??

ora aqui está: http://dn.sapo.pt/gente/interior.aspx?content_id=1218773

Já ouvi falar deles há vários meses. Ainda tenho alguns guardados. Já os distribuí, no entanto, nunca colei... mas foi interessante ler o artigo. Não sabia do movimento que está por de trás dos autocolantes.

Citação de: sofia palma
temos que imprimir uns quantos e espetar aí nos carrinhos mal estacionados =P

(ou mais directamente: http://passeiolivre.blogspot.com/)

Segundo o artigo, dá para pedir no blog autocolantes já impressos.

Citação de: sofia palma
acabei de notar neste post http://passeiolivre.blogspot.com/2009/12/universidades.html

que inveja digam lá...

É de facto chocante, mas... a verdade é que são realidades diferentes. Acho que os comentários aí publicados sintetizam isso. Mas sim, espero que caminhemos para algo semelhante!

Offline kamia

  • 1º Secretário da Mesa da Assembleia Geral
  • Estudante
  • *
  • Mensagens: 57
Re:Alunos criticam estacionamento excessivo no IST
« Responder #7 em: Sex 01 Janeiro, 2010, 12:50:54 »
Fixe!! gerou-se uma discussão!!! :D :D :D

Citar
Falei na primeira pessoa mas estava a ilustrar um caso hipotético.

eu percebi que era um caso hipotético e ate disse....
Citar
É claro que ha esses casos que o individuo mora tão longe e tem carro e condiçoes para usa-lo é quase ridiculo estarmos a apontar o ded.


onde digo "ded" quis dizer "dedo" :)

Citar
E não, o técnico não tem a postura de "ponham todos o carrinho cá dentro", até pelo contrário, ainda este ano restringiram mais quem pode fazê-lo (até ao início deste semestre os alunos finalistas tinham direito a acesso ilimitado, agora já não). No meu ver, não se está a promover o uso do carro de forma alguma.


Acho que querem transformar o tecnico em:
http://passeiolivre.blogspot.com/2009/12/universidades.html

Citar
Já ouvi falar deles há vários meses. Ainda tenho alguns guardados. Já os distribuí, no entanto, nunca colei... mas foi interessante ler o artigo. Não sabia do movimento que está por de trás dos autocolantes.

epa tenho que confessar que tb nao os colei...acho que me falta coragem  :o mas isso vai mudar ja...vou passar a po.los por aqui na baixa da banheira que ja vi muitos casos flagrantes :)

Citar
Segundo o artigo, dá para pedir no blog autocolantes já impressos.

sim acho que se lhes pedirmos eles dão os autocolantes todos bonitos, mas coitados o autocolante tem custo pá (ja agora donde vem esse dinheiro?) portanto se calhar é melhor cada um imprimir em casa em papel normal e tipo por no parabrisas (ou quê como se chama aquilo que limpa os vidros) dos carros.

edit: fui la ver e afinal o que eu queria dizer era "limpa para brisas" (Ah!), queria dizer para colocar o papel "entre" o limpa para brisas e o para brisas





« Última modificação: Sex 01 Janeiro, 2010, 12:56:21 por kamia »

Offline Mara

  • Estudante
  • *
  • Mensagens: 12
Re:Alunos criticam estacionamento excessivo no IST
« Responder #8 em: Sáb 02 Janeiro, 2010, 11:15:06 »
  Acho que já há bastante policia e tipos dos parquimetros a colocarem autocolantes amarelos nos carros, alem do mais um carro é propriedade privada e como tal deve ser tratado. Se acham que está mal informem as autoridades competentes que é para isso que as temos.Não podemos tentar ser policias uns dos outros, porque tal como alguém uma vez disse: "Quem nunca pecou que atire a primeira pedra". Todos falhamos e todos temos telhados de vidro, é smp muito fácil apontar o dedo a outrem, mas pensem primeiro que autoridade moral ou legal têm para isso.

 Quanto aos carros no IST, quem fez essa carta com certeza candidatou-se ao estacionamento e não conseguiu aprovação tal como centenas de outros pedidos. O IST tal como o Julio disse e muito bem, é tudo menos permessivo quanto ao estacionamento. E do lado de fora paga-se mais de 5€ por 4h.

 Eu, tal como o Júlio vou de carro e não tenho acesso ilimitado ao parque, se podia ir de transportes publicos? Sim,podia... Mas alem de ter obrigatoriamente de levar o meu carro até Sintra (antes que perguntem... não, não tenho autocarros até Sintra, o primeiro é as 7h e o ultimo das 19h15m),que fica a cerca de 15kms de minha casa, depois teria de apanhar um comboio sobrelotado de manha e dps vazio as tantas da noite como muitas vezes venho. Isto para não falar das vezes que ainda vou trabalhar para Loures. Tal como disse em cima, é muito fácil falar... Por vezes demasiado facil...




Offline Júlio

  • Presidente da Direcção
  • Licenciado/Mestre
  • *
  • Mensagens: 209
Re:Alunos criticam estacionamento excessivo no IST
« Responder #9 em: Sáb 02 Janeiro, 2010, 14:34:54 »
2 notas:

1. No site que indicaram aí em cima, alguém citou um polícia a dizer que não é ilegal colar o autocolante, desde que não cause dano ou prejuízo.
2. Esses autocolantes só seriam colados nos carros estacionados em espaços reservados para os peões, pelo que entendi.

Ah, e já agora, eu nunca disse que ia de carro :P o que disse em cima era um exemplo hipotético (já tinha referido isso).

Offline Fausto Reduto

  • Estudante
  • *
  • Mensagens: 14
Re:Alunos criticam estacionamento excessivo no IST
« Responder #10 em: Seg 04 Janeiro, 2010, 04:09:15 »
Caros colegas,

Sou a favor de soluções que promovam uma mobilidade urbana sustentável, que transformem as cidades em locais cada vez mais enquadrados com as diferentes necessidades dos seus habitantes e utilizadores e que se opte por meios de transporte o mais ecológicos possíveis.

Por estas e por outras razões me desloco no meu dia-a-dia num motociclo. Estes veículos são apoiados e incentivados pelas principais urbes Europeias como uma forma eficaz de colmatar as necessidades de muitos cidadãos nos seus trajectos diários minimizando os impactos na malha urbana. Trata-se de um veículo que apresenta factores que o tornam num aliado à mobilidade urbana sustentável quando comparado com um veículo equivalente de quatro rodas. Saliento os seguintes:

-Apresenta uma pegada carbónica muitíssimo inferior
-Ocupação de espaço diminuta quer em circulação, quer em estacionamento. De facto, no local onde tradicionalmente se estaciona um veículo de 4 rodas (que usualmente transporta apenas 1 ocupante) podem estacionar 3 a 4 motos.

 Desta forma, os recursos necessários quer do ponto de vista energético (dado os consumos reduzidos), quer na quantidade de materiais que são empregues e desgastados ao nível das vias para que um veículo de duas rodas possa circular são muitíssimo inferiores às necessidades de um automóvel.

Por estas e ainda mais razões, para quem se diz preocupado com os impactos quer ambientais quer na qualidade de vida nas nossas cidades, a deslocação em centros urbanos com recurso a veículos de duas rodas deve ser incentivada ao invés de reprimida ou desconsiderada.


Devido ao facto de no meu seio familiar conviver diariamente com pessoas portadoras de deficiências motoras estou particularmente desperto para estacionamentos que ocupam a via pedonal e que impossibilitam a locomoção por parte destes e de todos os outros peões em condições adequadas.

Acho curioso ser referido o estacionamento à porta do edifício de minas de uma mota, num local que não é de passagem, onde é deixado espaço em abundância para os peões, encostada a uma parede e num local que não tem saída como sendo incomodativo. Será que não estamos perante uma situação de excesso de zelo?

Aproveito também para dar a conhecer que em muitas cidades europeias que têm uma atitude activa perante as questões aqui debatidas, o estacionamento de veículos de duas rodas em cima dos passeios é permitido desde que seja acautelada a circulação de todos os seus utilizadores. Chama-se a isto promoção e bom senso.


Para quem realisticamente quer discutir este tipo de assuntos é bom lembrar que, como já foi referido, existem especificidades quanto às necessidades que cada um tem nas suas deslocações. Não existe um meio de transporte único que consiga de uma forma eficaz dar resposta às necessidades que todos temos. Existem sim (aliás como em quase tudo na vida), um conjunto de opções que são as mais equilibradas e que produzem efeitos o menos nocivos possíveis de forma a obtermos uma evolução sustentada e equilibrada das nossas cidades. Devemos procurar que o conjunto destas opções seja levado em conta em discussões relativas à mobilidade urbana ao invés de sermos extremistas nas nossas atitudes.


Quanto aos papelinhos colocados nas viaturas, a ideia pode ser interessante excepto no que se refere ao autocolante. Não acho correcto interferir com propriedade alheia em nenhum aspecto. Enquanto um papelinho preso no limpa vidros do carro alcança o efeito requerido sem produzir dolo para o proprietário, o mesmo não se aplica a autocolantes. Penso que ninguém gostaria de chegar à sua mochila, ao seu material de trabalho, ao seu cacifo, à sua casa ou ao seu veículo e ver este coberto de autocolantes colocados por terceiros. A msg que este quer transmitir pode ter toda a validade do mundo para quem os pôs (seja para apoio à mobilidade urbana, implementação de teorias nazis, apoio de um credo religioso, etc..) e ainda assim o proprietário da viatura não desejar que estes estejam afixados na sua propriedade. Desta forma são obrigados à utilização de materiais que podem danificar o bem em questão aquando da remoção dos mesmos seja através de uma unha ou com recurso a produtos abrasivos. É uma espécie de vandalismo tal como o são os grafitis que possam ser feitos nos muros de vossas casas (pessoalmente até gosto mas não posso obrigar ninguém a ter os mesmos gostos).

Realçar também que uma opinião emitida por parte da PSP não constitui referência para o nosso Código Penal. Interferir com propriedade alheia é ilícito. Ainda que não houvesse jurisprudência para um determinado acto, isso não o tornaria legal.

Em suma, três pontos:

-Não existe uma solução única e absoluta que consiga responder de forma eficaz às necessidades de deslocação de cada um de nós.

-Devemos apoiar e incentivar um conjunto de medidas que promovam nas nossas deslocações diárias o respeito entre todos os cidadãos e cada vez mais amigas do meio ambiente.

-Atitudes extremistas quando na tentativa de resolução de um conflito apenas leva ao extremar de posições das várias partes. Deve haver um esforço para debater medidas que permitam de uma forma equilibrada obter os objectivos pretendidos.

Um abraço a todos e continuação de Boas Festas e Bom Ano de 2010

Fausto Reduto


P.S.- Ò Julio, e tu bem sabes que eu a juntar a andar de mota, quero passar a curto prazo a andar de mota eléctrica  ;)
« Última modificação: Seg 04 Janeiro, 2010, 04:12:08 por Fausto Reduto »

Offline Júlio

  • Presidente da Direcção
  • Licenciado/Mestre
  • *
  • Mensagens: 209
Re:Alunos criticam estacionamento excessivo no IST
« Responder #11 em: Ter 05 Janeiro, 2010, 01:23:03 »
Epá ó Fausto, grande tese, hein?  :P

... para apimentar aqui um bocado a coisa...  ::)

Citação de: Fausto Reduto
Por estas e por outras razões me desloco no meu dia-a-dia num motociclo.
Faltou referires que no teu dia-a-dia deslocas-te num motociclo com um consumo superior ao do meu carro.  ;D
Apresenta uma pegada carbónica muitíssimo inferior
será?  :D

Acho curioso ser referido o estacionamento à porta do edifício de minas de uma mota, num local que não é de passagem, onde é deixado espaço em abundância para os peões, encostada a uma parede e num local que não tem saída como sendo incomodativo.
É caso para dizer que a carapuça serviu-te... fui eu que falei da mota à frente de minas, e nem estava a pensar na tua. Acontece, de facto, haver lá outra que por várias vezes esteve estacionada em sítios de passagem de peões. Hoje, por exemplo, estava lá outra, onde costumas por a tua, mas quase colada à porta. São situações deste género que se tornam incomodativas. Concordo contigo que excesso de zelo não leva a lado nenhum.

E pronto, de resto também concordo com tudo o que disseste. E que venham as eléctricas! :)

Offline Fausto Reduto

  • Estudante
  • *
  • Mensagens: 14
Re:Alunos criticam estacionamento excessivo no IST
« Responder #12 em: Qua 06 Janeiro, 2010, 17:30:19 »
Isto não é uma tese mas pode vir a ser ;) .

De facto, a minha mota é menos económica que o teu carro. No entanto, essa é uma comparação desproporcionada.

As comparações fazem-se perante veículos com características equivalentes. Um utilitário compara-se com um utilitário e um desportivo com outro desportivo.

Como tal, uma moto é sempre muito mais económica que um automóvel e, por conseguinte, também a sua pegada carbónica (que tem ainda em conta outros factores).

É natural que tendo em conta que estaciono regularmente a minha mota à porta de minas me sentisse visado. Já percebi a que mota te referias.

Porém, essa mota costuma estacionar no seguimento de um lugar de parqueamento para automóveis mesmo no caminho de saída de pavilhão de minas. Esse sim, é muito mais incomodativo que qualquer mota que possa estar ali estacionada.

É também evidente que não se deve estacionar colado a uma porta e o condutor do veículo em questão deve ser alertado para esse facto. Lá está a questão do bom senso.

Talvez o ideal seja requerer a quem faz a gestão interna do parque automóvel do IST que disponibilize um local de estacionamento para motas e outros veículos de duas rodas à porta do pavilhão de Minas como uma forma activa de promover a utilização de outros meios de transporte que não o automóvel.

Um abraço a todos.

Fausto

Offline kamia

  • 1º Secretário da Mesa da Assembleia Geral
  • Estudante
  • *
  • Mensagens: 57
Re:Alunos criticam estacionamento excessivo no IST
« Responder #13 em: Dom 10 Janeiro, 2010, 00:44:49 »
boas!

vamos la...um bocado tarde...mas ca vai

Citar
alem do mais um carro é propriedade privada e como tal deve ser tratado

sim concordo, dai preferir os panfletos


Citar
quem fez essa carta com certeza candidatou-se ao estacionamento e não conseguiu aprovação tal como centenas de outros pedidos.
nah...por acaso nao, são daqueles que vao de bicicleta po ist

Citar
Não existe uma solução única e absoluta que consiga responder de forma eficaz às necessidades de deslocação de cada um de nós.
sim, é exactamente a pensar assim que se escreveu a tal carta, apenas se quer que se dê também importancias as outras opcções, que o ist promova mais

Citar
Atitudes extremistas quando na tentativa de resolução de um conflito apenas leva ao extremar de posições das várias partes. Deve haver um esforço para debater medidas que permitam de uma forma equilibrada obter os objectivos pretendidos

acho que todo mundo acaba por pensar da mesma maneira, ninguem quer atitudes extremistas nem nada que daí resulte, o dificil é entrar em concenso com o que se quer dizer "extremista", porque o que é extremista para mim pode nao ser para ti.

Citar
fui eu que falei da mota à frente de minas, e nem estava a pensar na tua
nem sabia que eram duas...

Citar
Talvez o ideal seja requerer a quem faz a gestão interna do parque automóvel do IST que disponibilize um local de estacionamento para motas e outros veículos de duas rodas à porta do pavilhão de Minas como uma forma activa de promover a utilização de outros meios de transporte que não o automóvel.
la está, muito boa ideia :)


Offline Júlio

  • Presidente da Direcção
  • Licenciado/Mestre
  • *
  • Mensagens: 209
Re:Alunos criticam estacionamento excessivo no IST
« Responder #14 em: Dom 10 Janeiro, 2010, 07:26:42 »
Citação de: Fausto Reduto
Talvez o ideal seja requerer a quem faz a gestão interna do parque automóvel do IST que disponibilize um local de estacionamento para motas e outros veículos de duas rodas à porta do pavilhão de Minas como uma forma activa de promover a utilização de outros meios de transporte que não o automóvel

Não quero ser velho do restelo, mas isso não é viável... não por agora. Dois motivos:

a) se o veículo de duas rodas é uma bicicleta, existe um pequeno parque mesmo ao lado do pavilhão de minas, junto ao portão que dá para a Rovisco Pais;
b) se o veículo de duas rodas é uma mota, creio não haver número suficiente para se criar um parque.

Bom, enquanto escrevia o b), até que fiquei a pensar. De facto é algo que se podia pedir, até porque não existe nenhum parque para motos no lado sul do técnico, porque não tira assim tanto espaço quanto isso (o lugar de 1 carro ou nem isso), e porque servia de incentivo para haver mais utilizadores.

Fausto, queres continuar o desenvolvimento da tua tese, e como anexo 7, escrever uma carta para esse propósito? :D

 


© 2009-2010 numist - núcleo de minas do instituto superior técnico
Follow numistpt on Twitter

standup
SimplePortal 2.3.3 © 2008-2010, SimplePortal